Alterações na pele durante a gestação



Além do ganho de peso, a gestação promove inúmeras mudanças (visíveis ou não) no organismo da mulher. Uma delas é em relação à pele: algumas gestantes tendem a ficar com a pele mais brilhante e macia, mas outras infelizmente são atingidas pelas drásticas mudanças hormonais, que causam oleosidade e manchas.

As grávidas de peles mais escuras possuem maior tendência ao cloasma e Linea Negra. O cloasma são aquelas manchinhas amareladas e/ou acastanhadas que aparecem no rosto. Para preveni-las, o ideal é evitar a exposição ao sol nos horários de maior radiação e não abrir mão do protetor solar. Já a Linea Negra é aquela linha escura que vai do umbigo ao centro do osso púbico. Ela sempre existiu, mas com as mudanças hormonais, ela se torna visível. Passado um período do parto, a Linea Negra e o cloasma desaparecem.

Durante a gestação, algumas grávidas podem ter grande produção nas glândulas sebáceas, ocasionando espinhas. Nesse caso, deve-se t