© 2020 Munchkin - Sylink Baby Products. Importadora e distribuidora dos produtos Munchkin no Brasil. (11) 3559-8490

Motivos para criar uma rotina diária para o bebê



As necessidades do bebê podem ser resumidas em alimentação, sono, carinho e brincadeiras. Mas em alguns momentos fica difícil saber exatamente do que ele está precisando. Por isso, organizar o dia em uma rotina pode ser um aspecto positivo tanto para os pais quanto para o bebê.

É válido lembrar que não existe uma obrigatoriedade em criar uma rotina para o bebê, pois tudo depende da personalidade dos pais e do modo como a casa funciona. Mas é muito provável que mesmo sem querer, você crie algumas rotinas como café da manhã, almoço, jantar e hora de dormir.

Segundo pediatras, saber que certas coisas acontecerão em dados momentos é importante para o bebê. Além disso, quando você precisar deixa-lo com babás, avós ou cuidadoras, a adaptação é mais fácil, visto que o responsável poderá prever os melhores horários para refeições ou sonecas.

Os padrões de sono dos bebês começam a estabilizar por volta dos 3 ou 4 meses de vida. Essa é a época ideal para você começar a definir horários. Existem alguns métodos para ajudar você a criar uma rotina para o bebê. Confira abaixo e escolha a melhor para o seu caso.

- Rotinas dirigidas pelos pais: são as mais rígidas por seguirem a risca horários e quantidades. Os horários podem ser determinados por você com base na observação do ritmo do bebê ou obedecer a uma rotina sugerida por um médico especialista.

- Rotinas dirigidas pelo bebê: nesse método, você segue os sinais do bebê, ou seja, procura indicações do que ele precisa naquele momento ao invés de impor horários para comer, dormir ou brincar. Isso não quer dizer que os seus dias serão imprevisíveis, pois a partir de alguns dias de vida, os recém-nascidos já começam a entrar naturalmente em um ritmo regular.

- Rotinas mistas: reúne elementos dos dois métodos já citados. Aqui, você cria um horário para refeições, sonecas e brincadeiras, porém com maior flexibilidade. Por exemplo: a soneca pode ser adiada caso o bebê não pareça cansado e o almoço pode esperar caso compromissos fora de casa demorem mais que o previsto.

Mas independente da escolha você deve sempre dar prioridade ao bem-estar o bebê. É importante seguir os instintos e perceber o que a criança está tentando comunicar. Quando você achar que seu bebê está precisando mamar ou dormir, não adie apenas porque não está na hora. Lembre-se: nenhum horário deve sobressair em relação às necessidades do bebê.

Fique de olho no blog, pois nós da Munchkin queremos estar sempre presentes nos momentos que fazem a relação entre os pais e o bebê ser cada vez mais intensa. Para a Munchkin, detalhes fazem diferença.

Fonte: BabyCenter

#cuidados #recémnascido #alimentação #sono #brincadeiras

32 visualizações