Transtorno de Asperger: você sabe do que se trata?



Muitas vezes confundida com a timidez, a Síndrome de Asperger é caracterizada por alterações comportamentais e sociais sendo que desde 2013 é considerada um Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Os sintomas dessa síndrome se tornam mais perceptíveis por volta dos 8 a 11 anos de idade. Por isso, vale a pena ficar atento nos comportamentos de seu filho. Geralmente, os portadores de Asperger apresentam dificuldades na interação social e no autocontrole emocional e, por isso, possuem tendência ao isolamento. Além disso, podem apresentar também dificuldades com mudanças de rotina, interesses intensos e limitados a alguns assuntos, falta de coordenação motora e falta de contato visual.

O diagnóstico da síndrome de Asperger é feito com base no conjunto de sintomas apresentados pelo paciente, visto que não é possível observar nenhuma alteração orgânica e/ou biológica. O tratamento envolve uma equipe multiprofissional, que vai de médicos e psicólogos a fonoaudiólogos, responsáveis por promover uma melhor interação entre escola, família e paciente.

Caso o diagnóstico e o tratamento sejam feito