Riscos do estresse durante a gestação



Logo após a descoberta da gravidez, as gestantes passam a observar e cuidar melhor de alguns aspectos de sua rotina, como a alimentação. Mas nesse período há outro detalhe que não pode ser ignorado: o estresse.

O estresse pode chegar ao feto através da liberação de alguns hormônios como o cortisol e a adrenalina. Dessa forma, momentos de nervosismo e devem ser controlados a fim de manter a gravidez saudável e diminuir os riscos para o bebê.

Aumento das chances de parto prematuro, aborto espontâneo no início da gestação, maior risco de obesidade infantil, doenças cardíacas a alterações cerebrais são algumas das principais consequências do estresse na gestação para o bebê.