Desenvolvimento do bebê no útero materno


A fecundação ocorre a partir da união entre óvulo e espermatozoide. Nesse momento, a placenta e o líquido amniótico já começam a se formar com a finalidade de envolver e alimentar o embrião. Ao final do primeiro mês, o embrião tem cerca de 0,4 e 0,5 cm. Nos meses seguintes, o bebê é formado aos poucos, herdando algumas características significativas de seus pais. Quer saber a evolução do bebê mês a mês dentro do útero materno? A Munchkin te conta.

Segundo mês: nesse período, se formam os principais órgãos do corpo humano, apesar de ainda não se desenvolverem completamente. Formam-se os olhos, orelhas, boca, nariz e tornozelos. Os braços e as pernas também começam a se desenvolver. O coração, que já está em formação, bate aproximadamente 150 vezes por minuto. Ao final do segundo mês, o bebê já mede cerca de 4 cm.

Terceiro mês: o terceiro mês é marcado pelo desenvolvimento do esqueleto, das costelas, dos dedos das mãos e dos pés. Todos os órgãos internos são formados durante esse período, onde o bebê já alcança os 14 cm.

Quarto mês: Nessa fase, o bebê que já mede cerca de 16cm começa a se movimentar, sugar e engolir. Ele também é capaz de perceber alterações de luz e diferenciar gostos amargos e doces.

Quinto mês: durante esse período, nascem os primeiros fios de cabelo, os cílios e as sobrancelhas. Já é possível identificar o sexo do bebê, visto que as trompas e útero das meninas e os órgãos genitais dos meninos já estão formados. Com cerca de 25 cm, o bebê consegue realizar mais movimentos como franzir a testa e chupar o dedo.

Sexto mês: o bebê que já mede em torno 32 cm consegue reconhecer sons externos, principalmente a voz e a respiração da mamãe. Lábios e sobrancelhas começam a ficar mais visíveis e as impressões digitais começam a se formar nas pontas dos dedinhos.

Sétimo mês: nessa fase, o bebê começa a bocejar, abrir os olhos e se movimentar com mais frequência e intensidade. Os órgãos internos continuam crescendo e ele também reage a outros estímulos sonoros, como musicas e conversas. Ao final do sétimo mês, o bebê mede entre 35 e 40 cm.

Oitavo mês: com cerca de 40 – 45 cm, o bebê já começa a ficar de cabeça pra baixo – a posição para o parto. Os pulmões estão quase prontos e os ossos mais resistentes.