Saiba quais as doenças mais comuns na gestação


Durante a gestação, é importante prestar atenção em todos os sinais que o corpo dá: um simples mal-estar, dor ou febre podem indicar alguma doença que pode causar complicações graves como aumento no risco de aborto, antecipação do trabalho de parto e até mesmo septicemia. Conheça as doenças mais comuns durante a gestação.


- Pré-eclâmpsia: é um dos problemas mais graves que pode ocorrer na gestação. Ele acontece devido a uma alteração vascular da placenta, que eleva a pressão arterial. A doença pode causar o envelhecimento da placenta, o parto prematuro ou evoluir para eclampsia.

- Diabetes gestacional: é a segunda doença mais frequente da gestação e costuma aparecer por volta da 26º semana. A placenta tem hormônios com potencial para desenvolver o diabetes. Então, se uma mulher possui deficiência na produção de insulina, ela pode desenvolver a doença. Acontece geralmente em mulheres com histórico familiar da doença ou com aquelas que engordam muito nesse período.

- Infecções Urinárias: as mais frequentes na gestação são a cistite e candidíase. A progesterona, hormônio predominante na gravidez, provoca uma dilatação das vias urinarias que impede a bexiga de esvaziar completamente, o que favorece a cistite. Além disso, devido à queda na imunidade, a cândida (que habitualmente vive no intestino e faz parte da flora vaginal normal), prolifera e causa a candidíase. Provocam desejo frequente de urinar, sensação de ardência na vagina, dor no baixo-ventre e coceira.

- Anemia: durante a gestação, há um aumento de 20% no volume de sangue sem haver um acréscimo de glóbulos vermelhos. Logo, o sangue fica menos denso. Por isso, é importante uma dieta adequada para evitar o problema.

- Distúrbios da Tireoide: as alterações hormonais típicas da gestação podem descompensar o funcionamento da tireoide, levando ao hipertireoidismo ou ao hipotireoidismo.

Algumas das doenças ou predisposições a elas podem ser identificadas logo no início do acompanhamento gestacional. Por isso, o pré-natal é tão importante. Não deixe de fazer as visitas regulares ao obstetra e compartilhar com ele todas as mudanças em seu corpo e sintomas diferentes.

Fique de olho no blog, pois nós da Munchkin queremos estar sempre presentes nos momentos que fazem a relação entre os pais e o bebê ser cada vez mais intensa. Para a Munchkin, detalhes fazem diferença.

Fontes: Revista Materlife nº 137 | Saúde IG

#doenças #gestação #prénatal #tratamento

35 visualizações

© 2020 Munchkin - Sylink Baby Products. Importadora e distribuidora dos produtos Munchkin no Brasil.