Congelamento de células-tronco dos dentes de leite



Lata de lixo, caixa de lembranças da família ou fada do dente: esses são os destinos mais comuns após os dentes de leite caírem. Mas nos últimos tempos alguns pais têm optado por envia-los para serem congelados e armazenados em clínicas especializadas. A ideia é preservar as células-tronco presentes na polpa, parte interna do dente. Mas qual o objetivo deste congelamento?

As células-tronco dos dentes têm grande potencial de proliferação e são capazes de melhorar a qualidade de vida de pessoas que sofrem de doenças degenerativas, como o Alzheimer e o Mal de Parkinson. Em alguns países, essas células já são usadas na reparação de tecido, como por exemplo, no tratamento de lábio leporino.

Ficou interessado e quer congelar a polpa do dente de leite do seu filho? Primeiramente, você deve entrar em contato com alguma clínica especializada autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Quando o dente ficar mole, a extração pode ser feita em casa ou por um dentista. Mas lembre-se que é importante esterilizar bem o local. Após a retirada do dente, ele deve ser colocado em um tubo e permanecer refrigerado até a entrega na clínica, onde será mantido em nitrogênio líquido.

Mas quanto custa? Segundo sites especializados, o serviço de congelamento da polpa dos dentes de leite custa em torno de R$2600 + uma taxa de manutenção anual de R$450.

Fique de olho no blog, pois nós da Munchkin queremos estar sempre presentes nos momentos que fazem a relação entre os pais e o bebê ser cada vez mais intensa. Para a Munchkin, detalhes fazem diferença.

Fontes: Revista Crescer

#saúde #doenças #benefício #dentes #célulastronco

12 visualizações

© 2020 Munchkin - Sylink Baby Products. Importadora e distribuidora dos produtos Munchkin no Brasil.