Dicas para estimular a visão do bebê



Você sabia que durante o primeiro mês de vida, o bebê enxerga focalizado apenas uma distância de em média, 20 a 30 centímetros? Apesar de parecer pouco, já é o suficiente para identificar o rosto de quem o pega no colo. Mas durante o primeiro ano, a visão se desenvolve rapidamente e você ainda pode utilizar de alguns artifícios para estimular cada vez mais o desenvolvimento desse sentido no seu bebê. Confira. - Interaja: conversar e cantar para o bebê sempre olhando em seus olhos faz com que ele preste atenção em cada detalhe do que você está fazendo e por vezes, pode até mesmo tentar imitar alguma de suas expressões faciais. - Brinquedos: a partir do primeiro mês de vida, o bebê consegue ver cores, apesar de não conseguir identificar tonalidades diferentes. Para estimular a visão nessa fase, utilize brinquedos com cores contrastantes, como branco e preto. - Cores primárias: por volta dos dois meses, os olhos dos bebês passam a diferenciar cores e nessa fase, as primárias chamam bastante atenção. Utilize brinquedos em tons de vermelho, amarelo e azul e procure variar também nos tecidos dos brinquedos, que podem atrair a atenção do bebê. - Móbiles: a partir dos quatro meses, o bebê já consegue identificar a distância entre ele e os objetos. Nessa fase, móbiles são bastante utilizados também para que o bebê desenvolva a tentativa de pegar algo. - Introdução alimentar: essa é uma ótima fase para estimular ainda mais a visão e também a coordenação motora do bebê. As cores e formatos dos alimentos chamam tanta atenção que no início, é comum que ele queira brincar com os alimentos ao invés de experimentá-los. Fique de olho no blog, pois nós da Munchkin queremos estar sempre presentes nos momentos que fazem a relação entre os pais e o bebê ser cada vez mais intensa. Para a Munchkin, detalhes fazem diferença.

Fonte: BabyCenter

#dicas #cuidados #recémnascido #desenvolvimento

19 visualizações

© 2020 Munchkin - Sylink Baby Products. Importadora e distribuidora dos produtos Munchkin no Brasil. (11) 3559-8490