Conheça os diferentes tipos de parto


Hoje em dia, ao se descobrirem grávidas, muitas mulheres logo começam a pensar em como querem que os seus bebês venham ao mundo. Algumas, por influência de conhecidos que passaram por essa experiência, já tem isso em mente.


Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo principal dos obstetras ao final do parto é de um recém-nascido e mãe saudáveis, não traumatizados pelo processo de nascimento. Para isso, é importante escolher um médico que entenda e compartilhe dos pensamentos e escolha da futura mamãe ou do casal. Porém é certo que em caso de complicações, cabe ao profissional de saúde indicar o melhor método. Parto normal, humanizado, cesárea? Entenda a diferença.



O parto normal é aquele que ocorre espontaneamente entre 37 e 41 semanas completas de gestação. Ele oferece muitos benefícios para a mãe e o bebê. Porém, por medo das dores ou por falta de informação, muitas mulheres descartam esta opção. Durante a gestação, além do bebê estar em formação, o corpo da mãe também passa por diversas mudanças para que ocorra o parto normal.


O trabalho de parto normal começa quando a mulher sente contrações uterinas frequentes, dilatação igual ou superior à 2cm e o rompimento da placenta. Quando o colo alcança dilatação de 10cm, inicia-se o processo denominado de expulsão