Translucência nucal: o que é e para que serve?



Translucência nucal é uma medida tirada durante o ultrassom morfológico do primeiro trimestre, que deve ser realizado entre 11 e 14 semanas de gravidez. Através dessa medida, é possível detectar a Síndrome de Down, bem como outras alterações cromossômicas ou até mesmo problemas cardíacos.

O principal objetivo deste exame é medir um espaço na nuca do bebê: os que apresentam algum tipo de anomalia tendem a acumular mais líquido nessa região. Além disso, também é possível verificar a presença do osso nasal. Sua falta também pode estar relacionada a alguma alteração genética.

Geralmente, combina-se o resultado da translucência nucal ao de um exame de sangue feito na gestante, para diminuir a chance de um falso positivo que o ultrassom por si só muitas vezes pode apresentar.

A partir dos resultados destes exames, o médico pode pedir ainda outros exames (diagnóstico pré-natal não invasivo, biópsia ou amniocentese) para confirmar ou descartar qualquer suspeita.

Fique de olho no blog, pois nós da Munchkin queremos estar sempre presentes nos momentos que fazem a relação entre os pais e o bebê ser cada vez mais intensa. Para a Munchkin, detalhes fazem diferença.

Fonte: BabyCenter

#exames #cuidados #gestação #síndrome #desenvolvimento

33 visualizações

© 2020 Munchkin - Sylink Baby Products. Importadora e distribuidora dos produtos Munchkin no Brasil.