Colesterol ruim na infância: como evitar


Inúmeros produtos industrializados e fast-foods podem ser atraentes para as crianças, no entanto, esses alimentos são recheados de conservantes, sódio, corantes e gorduras saturadas e transaturadas que podem causar doenças, como as cardiovasculares, sendo o colesterol alto, uma delas.


O que muitos não sabem é que esse diagnóstico não se restringe aos adultos, mas também crianças que são um grupo de risco, devido à alimentação não saudável aplicada no dia a dia. O processo não acontece rapidamente e se desenvolve ao longo do tempo.


Quanto mais precoce as medidas de proteção e prevenção, melhor para a saúde do futuro adulto. Problemas na família podem ser um agravante. Quando diagnosticada, o tratamento é feito à base das condutas padrão, caracterizadas pela alimentação equilibrada.


Dicas:

1) Dê exemplo dentro de casa, educando e apresentando a forma saudável de se alimentar;

2) Ofereça, quando possível, o aleitamento materno nos primeiros meses de vida;

3) A alimentação dos pequenos deve ser baseada em frutas, verduras, vegetais, grelhados (como peixe) e alimentos ricos em fibras;

4) Não deixar que as crianças pulem refeições;

5) Evitar a ingestão de guloseimas, refrigerantes, biscoitos doces e recheados e sucos industrializados;

6) Diminua a quantidade de sal dos alimentos oferecidos;

7) Incentivar a prática de atividades físicas, como brincar ao ar livre ou praticar algum esporte que a criança goste.


Fique sempre de olho no blog, pois nós da Munchkin Brasil queremos estar sempre presentes seu lado e nos momentos que fazem a relação entre pais e filhos serem cada vez mais intensa. Para a Munchkin, detalhes fazem diferença.


Fonte: Materlife Outubro/2019.

10 visualizações

© 2020 Munchkin - Sylink Baby Products. Importadora e distribuidora dos produtos Munchkin no Brasil.