top of page

Diabetes gestacional: o que é e quais os riscos ela representa?


Grávida fazendo medindo glicemia com aparelho

Recentemente falamos aqui no blog da Munchkin sobre a diabetes em bebês e crianças. Hoje vamos abordar a diabetes gestacional, que se desenvolve em grávidas devido a alterações na ação da insulina causadas por hormônios da gestação.


O mais comum é que a diabetes gestacional surja a partir do terceiro trimestre de gestação. A principal causa é o aumento na ingestão de alimentos como carboidratos para suprir as necessidades nutricionais e garantir a quantidade adequada de glicose demandada pelo bebê.


Ao mesmo tempo, a quantidade de açúcar no sangue também aumenta devido a uma supressão da produção de insulina pelo pâncreas. O resultado pode ser o surgimento da diabetes.


A boa notícia é que a diabetes gestacional tem cura. Mas é necessário que a mãe tenha uma dieta controlada para diminuir a ingestão de alimentos com altos índices glicêmicos, como açúcar e carboidratos. O ideal é que isso seja feito com acompanhamento médico, nutricional e com a prática de atividade física.


Em alguns casos podem ser necessários o uso de medicações, principalmente se o nível de glicose no sangue representar riscos para o bebê.


Outro ponto de atenção é o risco de se desenvolver diabetes mellitus tipo 2 ou diabetes gestacional novamente em futuras gestações.


Fique de olho no blog, pois nós da Munchkin queremos estar sempre presentes nos momentos que fazem a relação entre os pais e o bebê ser cada vez mais intensa. Para a Munchkin, detalhes fazem diferença.


Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes


5 visualizações
bottom of page